sábado, 19 de dezembro de 2009

Amor além da vida.

Necrofilía.
(Adriano Mariussi Baumruck)

A carne podre
Exala um cheiro doce
De amor e morte,
De pecado e paz.

Formigas andam pela minha barriga
E um calor sai das minhas entranhas,
Mas infelizmente não prospera.

Minha noção de amor é doentía,
Mas rompeu a morte e a vida,
A moral e a ética.


3 comentários:

  1. Excelente, especialmente a finalização... Fiquei curioso com o que, infelizmente, não prospera... Abração!

    ResponderExcluir
  2. O simples ato do amor carnal não prospera.

    ResponderExcluir